Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

27
Nov15

Fotógrafo viaja até à Antártida para retratar a beleza em temperaturas extremas!

Superfunky

A Antártida ainda é um continente bastante desconhecido, mas continua na lista dos planos dos viajantes mais destemidos. Mesmo assim, o acesso não é nada fácil, mas também não foi difícil o suficiente para impedir que o fotógrafo Alex Bernasconi viajasse até o local e registasse toda a beleza do continente, enfrentando temperaturas que chegavam a – 90 ºC.

 

As imagens foram registadas na Antártida e nas Ilhas Geórgias do Sul e Sandwich do Sul e mostram icebergs, águas congelantes e, é claro, muitos pinguins. As fotografias originaram um livro de 204 páginas, que ganhou o nome de Blue Ice (ou “Gelo Azul”, em português). Esta é a segunda publicação do autor; a primeira, chamada Wild Africa, foi publicada em 2010 e regista as belezas do continente africano.

 

Vê só algumas das imagens geladíssimas capturadas por Alex:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todas as fotos © Alex Bernasconi

25
Nov15

Sabes aquilo que compras?

Superfunky
Quando passas à frente de uma montra e vês aquela peça incrível que estavas à muito tempo à procura, qual é a tua reacção: comprar logo ou pensar na origem daquele objecto antes? Se tu ficaste com a primeira opção, pode ser que nunca te tenhas deparado com algumas verdades inconvenientes sobre o mundo da moda, mas este vídeo promete fazer com que comeces a reflectir sobre o assunto.
 
Este video de curta duração, podes ver a história nos bastidores nada agradáveis por trás dos itens que compramos, ao acompanhar uma mulher na busca pela origem de seu par de sapatos. Pelo percurso, ela encontra más condições de trabalho, aditivos químicos e muita poluição.
 
O vídeo foi criado para promover o aplicativo “Change Your Shoes“, que procura garantir uma indústria de calçados mais justa e transparente. A mensagem é importante, não é apenas para a marca de sapatos, mas para a maioria dos bens materiais que compramos. 
 
Penso que vale a pena reflectirmos sobre o assunto:
 

 

 

 

 

23
Nov15

Looks Masculinos com All Star!

Superfunky

O uso dos Converse (All Star) nos pés Masculinos nunca saiu de moda, apoiado em várias tendências, foi por este motivo que decidi fazer este post para inspirar todos com as maneiras de usar e relacionar este calçado com outras Trends. 

 

 

O All Star é género de tênis favorito de quase todos? Quem nunca teve um par de tênis? Carregado de história, vários picos de usabilidade por artistas, celebridades e público em geral, remetem muito a Ramones anos 70, aos anos 90, quando eu era criança, a febre do All Star da época, depois existiu uma referência muito forte dos anos 2000 com o Blink182 e bandas do género.

 

Como já tinha referido noutros posts aqui no Blog, estamos a viver uma fase de valorização do Básico, dos Detalhes, do Monocromático, de Peças, Estampados e Visual Minimalista, do Clássico Preto e Branco que está muito em alta.Soa-te familiar? Acho que conseguimos criar uma relação bem porreira com a Converse, certo? SIM!

 

Sendo assim deixo algumas sugestões:

 

 

Look bem neutro, Preto e Branco, com Converse All Black, animal 

 

 

Gosto bastante desta foto, pois consegue passar uma ideia de versatilidade dos All Star. Ele está a trocar os sapatos Brogue por um par de Converse All Black e o look continua bem porreiro.

 

 

E que tal para um visual mais formal? Para trabalhar, por exemplo, o All Star pode ficar muito bem enquandrado dentro do look.

 

 

 

 

Já deu para ver que eu gosto de Converse All Black como referência, não é?

 

 

Mais um look Preto e Branco com All Star animal!!!

 

 

E com Bermudas? Grande cenário!

 

 

 

 

 

Visual bem despojado, básico, bem "normal" demais. Mas o Converse transita bem por este look também.

 

 

Black and White <3 data-blogger-escaped-div="">

 

Look bem monocromático, destacando o casaco Jeans. Mais um de All Star Total Black 

 

 

Além de ser versátil, estes ténis podem interagir bem com todas as idades!

 

 

 

All Star vermelho ganhando um destaque no visual Básico.

 

 

 

 

 

 

Michael Bohn, vocalista do Issues, tem visto usado bastante All Star nos últimos tempos, basta ver o seu instagram 

21
Nov15

7 Dicas para Homens Magros!

Superfunky

Dizem que a moda é feita para os magros, mas não é bem assim. Magros também sofrem, seja com calças curtas, blusas largas, mangas que não chegam ao comprimento certo, por isso eu digo que a melhor coisa é ajustar as roupas para que tenham um fit perfeito, mas antes disso, existem alguns truques para harmonizar a silhueta e são eles que vou compartilhar com todos!

 

1 – Riscas horizontais: como levam o olhar da de uma ponta à outra, tem o efeito de alargar, então a ideia é usar cintos que façam contrastes com a roupa, e claro, riscas horizontais.

1.jpg

2 – Corte slim: já é pensado para pessoas magras, por isso procura sempre por peças com corte slim e com alguma elasticidade.

2.jpg

3 – Texturas: Usar tecidos com texturas acrescentam um volume extra à silhueta, então podes adicionar aos looks, além de que dão sempre um up ao visual!

3.jpg

4 – Cores claras: Cores claras expandem, então ão deverás sempre colocar um ponto de luz onde o teu peso visual for menor. Quando usares looks monocromáticos como o da direita, deves sempre colocar um cinto que faça contraste no meio do look para alargar e harmonizar a silhueta.

4.jpg

5 – Contrastes: Usar a parte de cima de uma cor que contraste com a parte de baixo geram um quebra da silhueta que alargam, portanto harmonizam a silhueta magra.

5.jpg

 

6 – Detalhes: Calças com lavagens diferenciadas ou destroyed, chamam a atenção para as pernas, então quem tem as pernas magras pode abusar delas. Assim como quem tem o torso mais magro deve abusar de camisetas com estampados.

6.jpg

7 – Foge das riscas verticais: Como já sabemos, as riscas verticais favorecem quem tem peso visualmente na parte superior do corpo, como não é o teu caso, opta por outros estampados, pois esta é a única que não te irá favorecer.

20
Nov15

Fotógrafa capta intimidade de casais de todos os tipos para provar que o “amor não tem género”

Superfunky
Wanda Martin é uma jovem graduada pela London College of Fashion e sempre se interessou pela temática LGBT e pela barreira imposta pela sociedade a casais que fogem daquilo que é aceite como a norma. Por isso, encontrou a sua própria forma de o expressar: através da fotografia.

 

A “natureza da fluidez sexual” é explorada pela britânica na série “Lovers“, que serve para nos lembrar “a similitude entre os diferentes tipos de relacionamentos que marcam a nossa cultura moderna“. Wanda diz ter consciência de que não pode mudar o mundo ou as mentalidades, mas acredita que quanto mais fotógrafos, artistas e influenciadores abordarem o tema, mais rápida será a adaptação das pessoas.

 

“… amor e sexualidade não dependem de gênero, apenas da pessoa. Eu clico casais nos seus próprios quartos, no seu ambiente privado“, lembra.

 

Vale a pena ver:

 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 

Todas as fotos © Wanda Martin
13
Nov15

Conheces os 10 lugares mais assustadores do mundo?

Superfunky
Estes lugares são assustadores por vários motivos: pelas actividades paranormais que dizem existir em algum deles, pela sua história e carga negativa que ainda lhes é atribuída ou simplesmente pelo seu aspecto bizarro e assustador.

 

1. Floresta Aokigahara – Japão

 

Este é, provavelmente, o lugar onde se cometem mais suicídios no mundo. As estatísticas variam, mas só em 2004, mais de 100 corpos foram encontrados nesta floresta.

Quem decidir visitar este local tão sinistro, pode encontrar nele várias placas com incentivos à vida e ao “não suicídio”…com algum azar também encontrará algum corpo pendurado em uma das suas muitas árvores….

 


 

2. Campo de concentração/extermínio Auschwitz II-Birkenau – Polónia

 

Hoje em dia pode ser visitado sem qualquer medo, mas a carga negativa que se sente neste lugar continua a ser arrepiante.

Este é, provavelmente, o campo de extermínio mais falado no mundo.

Este campo de concentração e extermínio foi ocupado pela Alemanha durante a Segunda Guerra Mundial sob comando de Hitler. Estima-se que neste local tenham sido executados mais de um milhão de judeus… grande parte deles crianças!

 


 

3. Navio Queen Mary – Califórnia

 

Hoje é um navio- museu e hotel, e esta permanentemente ancorado em Long Beach, Califórnia. Mas em tempos (1936 a 1967) foi um importante navio de transporte.

As histórias sinistras sobre este navio são várias. Entre os vários fantasmas que assombram o navio (já foram catalogados cerca de 55), parece estar um marinheiro que morreu na sala de máquinas do navio, a conhecida “dama de branco”, e as crianças que se afogaram na piscina da embarcação. Hoje em dia, os hóspedes deste navio-hotel, falam de sons vindos de lugar incerto, odor forte de tabaco, luzes e vultos!

 


 

4. Túnel Screaming- Warner Road

 

A lenda conta que este túnel é assombrado por uma jovem que ali morreu queimada. Os gemidos e gritos de dor da pobre rapariga, são ainda ouvidos no local.

 


 

5. Mansão Winchester – Califórnia

 

Sarah Winchester, casada com William Wirt Winchester (dono da fortuna das fábricas de armas Winchester), decidiu contratar uma vidente após a morte do seu marido e filho e após vários acontecimentos estranhos na casa. Conta-se que a vidente terá concluído que a sua família teria sido morta pelos fantasmas que morreram vítimas de balas elaboradas nas fábricas da família. A vidente sugeriu que a casa fosse reformada e que fossem construídos mais quartos, de forma a resolver a situação dos “espíritos maus”. A casa conta hoje com 160 quartos e algumas curiosidades bastante bizarras como quartos com passagens secretas, portas que abrem para paredes, escadas que não dão para lugar nenhum….ainda assim as actividades estranhas parecem ter acompanhado a pobre Sarah até à sua morte.

 


 

6. Mary King´s Close – Edimburgo

 

Um lugar assustador, pela sua carga negativa mas também pelo fantasma de menina Annie, que parece não gostar de visitas. Mary King´s Close, lugar onde as vítimas de peste eram deixadas para morrer, hoje pode ser visitado.

Atreva-se!

 


 

7. Penitenciária Estadual da Filadélfia

 

Funcionou como prisão entre 1913 e 1970 e abrigou criminosos conhecidos, como é o caso de Al Capone.

Após o seu encerramento, passou a ser um museu e desde então que se ouvem histórias sobre sons vindos das celas, barulhos estranhos e solitários lamentos de frio nos escuros corredores da antiga prisão.

A cela nº 12 está entre as mais famosas, pelo som de uma gargalhada que parece vinda das paredes. Também a torre dos guardas parece ter uma figura sombria que vigia a prisão durante a noite.

 


 

8. Castelo de Edimburgo – Escócia

 

Construído no século XII, este castelo foi testemunha de muitas execuções. As histórias sobre acontecimentos estranhos, ao longo dos anos, eram tantas que em 2001 foi levada a cabo uma das maiores investigação paranormais de que há memória. Após a sua conclusão, a equipa de investigação relatou vários acontecimentos, como quedas bruscas de temperatura, figuras que vagueavam pelas masmorras do castelo, sensação de alguém a puxar ou empurrar….

Enfim…mais um sítio que poderá visitar nos dias de hoje.

 


 

9. Prypiat, Ucrânia

 

Esta é uma das cidades fantasma mais conhecidas do mundo. A cidade de Prypiat foi criada em 1970 com a finalidade de abrigar os trabalhadores de Chernobyl, a central nuclear onde ocorreu o maior acidente nuclear da história.

As pessoas abandonaram as suas casas, deixando tudo para trás. Nas casas desta cidade ainda é possível encontrar vários bens materiais dos antigos moradores. Um dos locais mais bizarros da cidade é um berçário, onde se diz que estarão enterrados vários bebés…Se é verdade ou não, não sei…mas também não irei lá comprovar!

 


 

10. Catacumbas de Paris

 

Uma das cidades mais românticas do mundo, esconde no seu subsolo algo tão bizarro como a imagem que pode ver em baixo.

As famosas catacumbas de Paris que abrigam agora ossadas de mais de 5 milhões de parisienses, foram em tempos, galerias de pedreiras. No entanto, com os cemitérios a chegar à lotação máxima, foram aqui depositados as ossadas dos mortos da cidade. O que torna esta situação mais bizarra é o facto de, mais recentemente (anos 80), terem decidido colocar essas ossadas de forma mais … “artística”.

 


 

E tu, gostarias de visitar algum destes lugares?

Qual deles consideras mais bizarro?
13
Nov15

Criatividade na comida by Samantha Lee

Superfunky
Samantha Lee, também conhecida como Eatzybitzy, começou a criar estas fabulosas obras de arte com a intenção de tornar as refeições das suas filhas um pouco mais atractivas.
 
Como pode ver, todos estes pratos são feitos com ingredientes simples e fáceis de preparar.
 
Esta é uma selecção de comida criativa, de dar água na boca.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Pág. 1/3