Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

03
Out15

Outubro Rosa, liga-te porque os homens também tem Cancro da Mama!

Superfunky

 

Chegamos ao mês de Outubro e é sempre bom lembrar sobre o “Outubro Rosa”, um mês de consciencialização e combate do cancro da mama.

 

Outubro Rosa

 

‘Outubro Rosa’ é um movimento conhecido internacionalmente, que surgiu na década de 90, nos Estados Unidos, cuja cor representa a luta contra o cancro da mama. Hoje, acontece por todo o mundo e tem como objetivo despertar o interesse da população para a importância da prevenção e diagnóstico precoce do cancro, aumentando assim, a expectativa de cura. 

Entre as ações de consciencialização que acontecem durante o mês de outubro, a mais simbólica é a iluminação rosa que toma conta de monumentos históricos, prédios públicos e privados, chamando atenção para a campanha e sua importância. Além disso, atendimento estendido às unidades de saúde municipais com oferta de exames gratuitos, caminhadas, atividades culturais...

 

Homem também tem Cancro da Mama? 

 

E se tu achas que este é um assunto de mulher, estás completamente enganado. O homem também tem Cancro da Mama!

Em cada 100 casos de cancro da mama em mulheres, existe um homem, embora seja bem mais raro entre o sexo masculino, a doença é um risco para pacientes despreocupados com a qualidade de vida e histórico familiar.

O maior motivo de descoberta da doença em estágio avançado é o preconceito e a falta de consciencialização da importância da realização dos exames de rotina.

O principal sintoma do cancro da mama no homem é o aparecimento de nódulos indolores na região da auréola (bico do peito), onde o tecido mamário se concentra, podendo provocar comichão e irritação.

Geralmente o tumor é percebido pelo próprio homem ou por a(o) sua(e) parceira(o). Junto com o aparecimento do nódulo, é comum haver queixas de descarga mamilar e sinais de disseminação local como retração do mamilo e ulcerações.

A incidência do cancro da mama é maior em homens acima dos 35 anos de idade e o risco aumenta com o avanço da idade. O surgimento da doença está relacionado a fatores de risco recorrentes como: histórico familiar correspondente aos pais, irmãos ou filhos, surgimento de alguma tumoração pré-maligna no passado, excesso de peso e dieta rica em gorduras.