Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

Paella de frango

Superfunky, 30.06.19
A paella é um dos pratos mais tradicionais da gastronomia espanhola. Prepara esta paella de frango, arroz e vegetais numa paelheira e serve uma verdadeira paella espanhola.
 
 
INGREDIENTES
2 coxas de frango com perna
2 cenouras
1 talo de aipo
3 dentes de alho
1 folha de louro
1 l água
1 c. sobremesa + 1 c. chá sal
1 cebola
½ ramo de salsa
60 g chouriço
3 c. sopa azeite
200 g lulas em argolas congeladas
2 c. chá pimentão-doce
1 pimento verde pequeno
100 g mini-pimentos-doces
2 c. sopa polpa de tomate com manjericão
100 g feijão-verde redondo cortado
300 g arroz agulha
 
PREPARAÇÃO
1. Tira a pele às coxas de frango, desossa-as e corta-as em pedaços.
2. Lava e pela as cenouras e coloca a casca num tacho, juntamente com os ossos e a pele do frango, o talo de aipo, um dente de alho esborrachado e o louro.
3. Junta a água, tempera com uma colher de sobremesa de sal e leva a ferver em lume moderado.
4. Pica finamente a cebola e os restantes dentes de alho. Corta as cenouras em cubos. Reserva as folhas da salsa e pica finamente os talos. Reserva seis rodelas de chouriço, tira a pele ao restante e pica-o. Reserva tudo.
5. Aquece o azeite na paelheira e junta os pedaços de frango e o chouriço. Salteia em lume forte cerca de 1 a 2 minutos, mexendo frequentemente.
6. Adiciona as lulas descongeladas e enxutas, polvilha com o pimentão-doce e salteia mais 1 minuto. Junta a cebola, o alho, a cenoura e os talos de salsa picados, tempera com o restante sal e mistura. Reduz um pouco o lume.
7. Junta os pimentos, limpos de sementes e cortados em tiras, a polpa de tomate e o feijão-verde. Assim que retomar fervura, adiciona o arroz, e cozinha, mexendo mais 2 a 3 minutos.
8. Rega com o caldo da cozedura dos ossos, previamente coado (800 ml), e deixa cozer, em lume médio, cerca de 15 minutos.
9. Retira do lume, deixa repousar 5 a 10 minutos antes de servir. Salpica com as folhas de salsa reservadas.

Brownie de chocolate com pistácios

Superfunky, 23.06.19
 
INGREDIENTES
80 g pistácios salgados
200 g chocolate preto belga
150 g manteiga
2 c. chá café solúvel
150 g açúcar amarelo
3 ovos L
100 g amido de milho
1 c. chá fermento em pó
1 c. chá bicarbonato de sódio
1 caixa framboesas (125g)
 
PREPARAÇÃO
1. Descasca os pistácios, pica-os grosseiramente com uma faca e reserva.
2. Parte o chocolate em quadradinhos para uma taça, junta a manteiga cortada em pedaços, o café solúvel e o açúcar, e derrete em banho-maria ou no microondas durante 1 minuto na potência máxima.
3. Depois de derretido, mistura muito bem o preparado com uma vara de arames. Junta os ovos e volta a mexer até obteres um creme homogéneo.
4. Adiciona o amido de milho peneirado com o fermento e o bicarbonato e mistura delicadamente.
5. Envolve os pistácios, reservados, no preparado e espalha sobre um tabuleiro de 20×30 cm, previamente untado e forrado com uma tira de papel vegetal. Distribuí as framboesas pela massa enterrando-as ligeiramente.
6. Leva ao forno durante cerca de 30 minutos, pré-aquecido a 160º C.
7. Depois de frio, desenforma e corta em quadrados.

O que deves fazer no Algarve para teres umas férias memoráveis

Superfunky, 20.06.19
Estás a planear uma viagem ao Algarve? Esta região localizada no sul de Portugal está cheia de lugares encantadores que valem a pena descobrir. Para além de teres algumas das melhores praias da Europa, tens também uma história que merece ser contada e uma gastronomia bastante rica que não te irá desiludir. 
 
O que deves fazer no Algarve para teres umas férias memoráveis:
 
1. Embarca num barco para ver as grutas.
 
 
Uma das melhores coisas para fazer no Algarve é fazeres um passeio de barco para ver as grutas. A erosão causada pelo oceano criou grutas e arcos ao longo da costa e este passeio dá-te a oportunidade de veres algumas dessas belas paisagens, como a famosa gruta de Benagil.
 
2. Visite a Ponta da Piedade.
 
 
Localizada em Lagos, poderás encontrar a Ponta da Piedade. A Ponta da Piedade é uma das mais belas paisagens naturais do Algarve, onde as falésias em tons de laranja contrastam com os turquesas e verdes do oceano. Deixe-te surpreender pela sua beleza!
 
3. Apanha sol na Praia da Falésia.
 
 
No Algarve, irás encontrar algumas das melhores praias da Europa, se não do mundo. A Praia da Falésia, uma das praias mais populares da região, é conhecida pelos seus penhascos em tons de laranja e 6 km de areia dourada. No entanto, há muitas outras praias para descobrir, como a Praia da Rocha, a Praia da Marinha e a Praia do Camilo.
 
4. Visita o Algar Seco.
 
 
Localizado no Carvoeiro, o Algar Seco é considerado um dos melhores miradouros no Algarve. Com formações rochosas impressionantes, é outro exemplo do trabalho impressionante da Mãe Natureza.
 
5. Visita o Cabo de São Vicente.
 
 
Por estar localizada na extremidade sudoeste do continente europeu, muitas pessoas acreditavam que o Cabo de São Vicente representava o fim do mundo. Além da incrível vista que te surpreenderá, também poderás encontrar um lindo farol e um pequeno museu.
 
6. Joga uma rodada de golfe.
 
 
Sabias que o Algarve tem exelentes campos de golfe conhecidos mundialmente? É verdade, por isso se és fã deste deporto, não te esqueças de jogar uma partida de golfe.
 
7. Visite uma Igreja.
 
 
No Algarve, não terás dificuldade em encontrar igrejas incríveis que são autênticas obras de arte. Algumas delas estão cobertas com azulejos pintados à mão retratando a vida de Cristo, como a Igreja de São Lourenço, uma das jóias do Algarve.
 
8. Diverte-te num parque aquático.
 
 
Uma visita a um parque aquático é sempre divertida, especialmente se estás a viajar com crianças. Os três principais no Algarve são o Aquashow, o Aqualand e o Slide & Splash. Todos prometem um dia memorável e bem divertido.
 
9. Conhece o Zoomarine.
 
 
Se quiseres fazer uma pausa da praia, outra opção é visitares o Zoomarine. Localizado em Albufeira, tu e a tua família poderão interagir com os vários animais que lá habitam, como golfinhos, leões marinhos e pássaros.
 
10. Visita um mercado.
 
 
Um dos mercados mais conhecidos do Algarve está localizado em Lagos, onde poderá encontrar uma grande variedade de peixes frescos. Se estás hospedado num alojamento local, compra algum peixe para cozinhares em casa. Mas, mesmo se estiver hospedado num hotel, não percas a oportunidade de visitar um mercado local.
 
11. Prova a cozinha Algarvia.
 
 
Embora o Algarve seja principalmente conhecido pelas suas praias de sonho, a região também é famosa pela sua deliciosa gastronomia. Se és um amante de comida, experimenta as especialidades locais, como peixe grelhado e frango com piri-piri.

Coxinhas de batata-doce e frango

Superfunky, 17.06.19
 
INGREDIENTES
3 c. sopa azeite
2 dentes de alho
½ cebola
80 g peito de frango
3 c. sopa puré de tomate
1 c. chá sal
qb pimenta-preta de moinho
2 c. sobremesa iogurte natural Skyr
200 g batata-doce cozida e esmagada
qb tomilho
3 c. sopa sementes de linhaça
 
PREPARAÇÃO
1. Pré-aquece o forno a 200º C.
2. Numa frigideira deita o azeite e aloura o alho e a cebola, descascados e picados.
3. Junta o peito de frango já cozido e desfiado, e acrescenta a polpa de tomate. Tempera com metade do sal e pimenta e deixa refogar por 2 minutos.
4. Desliga o lume, junta o iogurte e mistura.
5. Numa taça, tempera a batata-doce já cozida e esmagada com o restante sal, pimenta e tomilho a gosto. Envolve.
6. Faz bolas com a massa de batata-doce na palma da mão. Abre as bolas e coloca o recheio de frango no seu interior. Fecha a massa formando coxinhas.
7. Num processador de alimentos, tritura as sementes de linhaça até obteres farinha. Coloca a farinha num prato e passa cada coxinha pela farinha de linhaça para panar.
8. Dispõe as coxinhas num tabuleiro e leva ao forno por 15 minutos até estarem douradas. Retira e deixa arrefecer.

5 Fantásticas Viagens De Um Dia A Partir De Lisboa

Superfunky, 15.06.19
 
Lisboa tornou-se uma das capitais europeias mais populares graças à sua incrível oferta de monumentos, comida deliciosa e ambiente acolhedor. Há muito para ver e experimentar nesta maravilhosa cidade que vai deixá-lo ansioso por voltar. No entanto, se vai visitar a capital portuguesa e tem um dia livre, existem muitas cidades próximas que também merecem a sua visita. Criei uma seleção de 5 fantásticas viagens de um dia a partir de Lisboa que deves adicionar ao seu itinerário.
 
 
1. Sintra
 
 
A viagem de um dia mais popular a partir de Lisboa é provavelmente Sintra. Localizada a 40 minutos de comboio de Lisboa, Sintra é uma vila de conto de fadas cheia de história. Aqui, encontrarás vários palácios e castelos incríveis para descobrir, como o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio da Pena, a Quinta da Regaleira e o Castelo dos Mouros. Mas não nos podemos esquecer da paisagem deslumbrante da serra de Sintra ou do encantador centro da vila.
 
2. Cascais
 
 
A apenas 25 km de Lisboa, Cascais é outro excelente destino. Esta sedutora vila oferece-te uma praia e uma marina deslumbrantes, um charmoso centro histórico e uma atmosfera glamorosa. Não deixes de visitar o Palácio da Cidadela, uma fortaleza à beira mar onde morou o Rei Luís I durante o Verão do século XVII, a Praia do Guincho, uma praia incrível amada pelos surfistas e a Casa das Histórias, um museu que qualquer entusiasta de arte irá gostar.
 
3. Costa da Caparica
 
 
Se quiseres fazer uma pausa e desfrutar de uma tarde na praia, segue para a Costa da Caparica. A Costa da Caparica está localizada do outro lado do rio Tejo, a apenas 18 km de Lisboa. Tem um ambiente descontraído e é um ótimo local para apanhares sol ou nadares no mar. No final de um dia de praia, e antes de voltares a Lisboa, aproveita para experimentar um dos cafés ou restaurantes à beira-mar.
 
4. Sesimbra
 
 
Sesimbra é uma tradicional vila piscatória a 40 km de Lisboa. Está localizada no Parque Natural da Arrábida, um parque natural de cortar a respiração que vale mesmo a pena descobrir. No entanto, há muito mais para fazer em Sesimbra, como visitar a Fortaleza de Santiago ou o Museu do Mar. Também poderás passear pela encantadora cidade velha e parares num dos restaurantes para desfrutar de um delicioso peixe ou marisco fresco.
 
5. Évora
 
 
Como capital regional do Alentejo, Évora é outra cidade que vale a pena adicionares ao teu itinerário. Com um centro da cidade classificado como Património Mundial pela UNESCO, Évora oferece uma variedade de monumentos históricos, como o icónico Templo Romano, a impressionante Igreja de São Francisco e a fascinante Capela dos Ossos.

Crepes de beterraba com guacamole

Superfunky, 14.06.19
 
INGREDIENTES
PARA O CREPE
1 beterraba
250 ml + 90 ml água
2 ovos S
175 g farinha integral
1 c. chá sal
2 c. sopa azeite
PARA O RECHEIO
150 g pepino
1 tomate
1 emb. de guacamole 
1 emb. de rúcula
qb pimenta-rosa
 
PREPARAÇÃO
1. Deita a beterraba cortada em pedaços e 250 ml de água no copo da varinha mágica ou num processador de alimentos e tritura até obteres um sumo líquido.
2. Deita numa taça o sumo de beterraba e os ovos. Em seguida adiciona a farinha, a restante água, o sal e uma colher de sopa de azeite. Mistura e deixa descansar a massa durante 15 minutos.
3. Enquanto isso, com a ajuda de um descascador de legumes, corta o pepino em fatias finas e reserva.
4. Corta o tomate em cubos e mistura com o guacamole. Reserva.
5. Unta uma frigideira com o restante azeite, aquece e deita uma concha de massa, espalha-a bem e quando estiver cozinhada vira-a.
6. Retira o crepe para um prato. Repete este processo com a restante massa, até que estejam preparados todos os crepes.
7. Para rechear, barra metade do crepe com a mistura de tomate e guacamole, adiciona as fatias de pepino e coloque por cima rúcula. Termina com pimenta-rosa.

Mojito de melancia

Superfunky, 10.06.19
Fresco, colorido e delicioso? Sim um mojito de melancia carregado de lima, hortelã... e muito gelo. Impressiona os teus amigos com um cocktail delicioso de Verão!
 
 
INGREDIENTES
500 g melancia
15 folhas de hortelã
7 limas
4 c. sopa mel
100 ml rum
qb gelo
500 ml gasosa
 
PREPARAÇÃO
1. Coloca a melancia num robot de cozinha, ou liquidificador (reserva uma fatia), e tritura até obteres um puré.
2. Passa o puré por um passador e coloca-o num jarro.
3. Junta folhas de hortelã (reserva algumas) e esmaga-as no puré.
4. Adiciona o sumo de cinco limas, o mel, o rum, o gelo e, por fim, a gasosa.
5. Finaliza com rodelas das restantes limas, as sobrantes folhas de hortelã e triângulos da melancia reservada.

Como usares uma camisa floral masculina

Superfunky, 09.06.19
 
Na prática é tudo sangue do mesmo sangue. Falo de estampados em geral. É quase a mesma coisa. Sugiro algumas regras:
 
1) Estampado deve ser usado em ocasiões informais.
2) Na parte de baixo, de preferência, usa tecidos lisos.
3) Combina com calções ou calças.
4) Não existe regras quanto aos botões.
5) A modelagem não obedece a regras.
 
As regras são bem parecidas, porém temos que adaptar um pouco às peculiaridades das flores, para tu não ficares scary. Como assim scary?
 
Ninguém quer parecer que está a usar um traje de carnaval ou que está vestido de havaiano ou exótico. Nada contra nenhum destes 3 trajes, mas o floral não apareceu hoje na nossa timeline.
 
Hoje os homens usam de forma mais leve sem questionar nada (principalmente o mito da masculinidade). Óbvio que de ano a ano muda-se o tipo de floral e esta é a primeira dica.
 
 
Aposto que tu deves estar errado quanto ao teu conceito de floral.
 
Se tu achas que floral significa flor, ERRRRASTE!
 
O termo floral na moda tem a ver com flora e não apenas flores.
 
Flora é muito mais que isso. Floral inclui flores, folhas, arbustos, árvores e até frutas.
 
Não importa a estação. Este ano é o ano do floral. Logo, o primeiro passo ao escolheres o estampado é saberes identificá-lo.
 
O estampado nunca sai de moda. O que muda é a padronagem de colecção para colecção, estação para estação ou ano para ano.
 
Floral é um dos estampados do momento.
 
Não adianta torceres o nariz, não existe nenhum mal no floral. Se tu estás na dúvida de como o usares, procura inspirações.
 
O pinterest está cheio e muitos artistas usam e abusam do floral.
 
 
Escolhe a peça certa na hora de usar.
 
Não existe regras quanto à questão das cores das peças. A própria peça já dá indícios da época do ano a ser usada.
 
As camisas de manga comprida são usadas no inverno, porque mesmo que você queira usar em outras estações o calor não comporta (nem adianta tentar).
 
Agora, as camisas de manga curta é que podem dar um nó na cabeça.
 
São tantas opções no mercado e essas sim podem ser usadas em qualquer época do ano (até no frio), pois podes combinar com um casaco e está tudo certo.
 
Que cor usar e em qual época?
 
Não há regras. É óbvio que no verão a toda a gente abusa das cores vivas, alegres e chamativas ao passo que no inverno as cores são mais sóbrias, apagadas e a cartela é mais fechada.
 
Mas segue a tua vontade, o teu estilo e principalmente tem bom-senso na hora de te vestires. Isto é essencial e já basta.
 
 
Quem sustenta o que usa, pode combinar estampado. 
 
É raro, é difícil e tu podes errar. Usar estampado com estampado não é para qualquer um, tanto que indico o uso de tecidos lisos na parte inferior. Pow, mas se tu és ousado, estiloso e não tens medo. És aquele tipo que sustenta o look que usa, SEM DÓ.
 
Podes usar estampado na parte debaixo. Como? Combina as cores dos estampados florais com o estampado debaixo ou usa cores complementares.
 
É caso de se usar o círculo cromático.
 
 
A moda está cada vez mais livre e libertária. E isso é bom, cada um pode vestir-se como quiser. Por isso, descomplica e usa o floral sem medo!