Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

20
Ago18

Conheces a importância do Mindfulness na vida pessoal e das organizações?

Superfunky

 

O excesso de estímulos e hiperconectividade inerentes ao período moderno têm feito com que a atenção ao que se faz seja rara e muitas vezes entre-se no chamado “piloto automático”. O objetivo do mindfulness é justamente combater esse estado de distração.

 

De acordo com pesquisadores, o cérebro coloca-nos num piloto automático a maior parte do tempo. Dos 10 milhões de bits de informação que o cérebro humano processa a cada segundo, somente 50 bits são devotados para deliberar pensamentos – ou seja, 0.0005%. A mecânica e repetição das tarefas faz com que estas sejam realizadas sem a devida atenção e é nesse cenário que o mindfulness torna-se relevante para as pessoas e para as empresas.

 

O que é mindfulness?

 

Em primeira instância, é necessário compreender a que se refere o conceito. Mindfulness consiste num estado de total atenção ou consciência plena que é alcançado por meio da meditação e exercícios que lhe permitem melhorar o foco.

 

Para alcançar a atenção plena, entretanto, além da meditação é necessário exercitar a mente para que todas as tarefas sejam realizadas como se fosse a primeira vez, através de um treino mental conhecido como “mente de principiante”.

 

O objetivo é justamente que não se atue em piloto automático, prestando atenção máxima às tarefas do dia-a-dia, inclusive aquelas que são repetidas, que já se tornaram mecânicas e não recebem mais a devida atenção de quando as estamos a executar.

 

Para alcançar este estado de atenção são usadas técnicas de meditação com foco no corpo. Uma prática comum, por exemplo, é a concentração no ato de respirar, sendo ele usado como um ponto de atenção.

 

Para tal, deve-se fechar os olhos e evitar que a mente distraia-se com qualquer elemento que não seja a respiração. A concentração deve ser única no ato de respirar. Para atingir um estado de mindfulness deve-se focar na autorregulação da atenção, portanto, disciplina é essencial.

 

Qual a importância do mindfulness para empresas?

 

Se a maior parte do tempo é dispendido de forma automática, é expectável que grande parte das atividades realizadas no ambiente de trabalho também sejam executadas sem a devida atenção. É justamente este factor que torna o mindfulness essencial para empresas.

 

Quem pratica a meditação com objetivo de ter mais atenção, consegue atingir um estado de maior concentração mesmo quando não está meditando. Portanto, independente da função do colaborador, a prática ajudará a ter um nível superior de atenção e concentração no ambiente de trabalho.

 

Nos últimos anos, a atenção plena tem sido usada dentro das empresas como uma forma de aumentar a produtividade e promover maior saúde para os colaboradores. Para os praticantes, o mindfulness apresenta benefícios como:


  1. reduz o stress;

  2. aumenta o foco mental;

  3. alivia sintomas depressivos;

  4. diminui a ansiedade e nervosismo;

  5. auxilia a lidar com interrupções frequentes;

  6. melhora ocorrências de dor crónica, diabetes e hipertensão.


 

Portanto, adicionar práticas de mindfulness entre os colaboradores e incentivar a atenção plena no ambiente de trabalho é uma das formas pelas quais as empresas podem beneficiar-se de mais produtividade, concentração e disposição no local de trabalho.

2 comentários

Comentar post