Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

GOSSIP PROJECT

Reality, Fashion, Music, Food...and "The Unique Me"

Rasga a tua lista de metas para 2019 e lê este post!

Superfunky, 11.01.19
 
Já estás com os pés bem assentes no chão e tomaste consciência que acabamos de receber mais um ano? O tempo passa, deixando muitas memórias e momentos incríveis, mas também levando embora conceitos ultrapassados e machistas. Então, não comeces 2019 colocando pressão sobre os teus ombros. Planeia os sonhos possíveis e objectivos que estão ao teu alcance de verdade. Dá para mudares e descobrires coisas novas em todas as alturas. Nomeei algumas metas, nas quais, te podes identificar. Inspiram-te também?
 
 
1. Emagrecer alguns quilinhos = Tirar a pressão existente das gorduras a mais e ires para a praia sempre que tiver calor. Porque isto sim é liberdade!
 
 
2. Encontrar um boy hot = Conhecer o máximo possível de pessoas interessantes, sejam elas novos amigos… ou algo mais! :)
 
 
3. Ser a mais fixe do teu grupo de amigos = Lembra-te todo o tempo de te colocares no lugar do próximo, mas tendo em mente que tu não vives exclusivamente para agradar as pessoas!
 
 
4. Começar uma dieta = Começar a iniciativa Segunda Sem Carne e provar um vegetal novo sempre que puderes!
 
 
5. Tirar fotos iguais as das @s do Insta = Aumentar o tempo que dedicas ao teu corpo, prestando atenção em seus detalhes, passando um creme e apreciando-te em frente ao espelho.
 
 
6. Comprar roupas nas tendências que todos usam = Fazer uma limpeza no armário e pensar em novas combinações para as peças que mais gostas!
 
 
7. Ganhar na loteria = Ter mais consciência do dinheiro que entra e sai: entender quais gastos podem ser evitados e ler sobre educação financeira
 
 
8. Comprar o último smartphone lançado… em muitas prestações = Passar menos tempo conectado e começares a ler os livros que estão na estante – além de anotar as principais impressões que leste e te marcaram. 
 
 
9. Fazer de tudo para ter a viagem dos teus sonhos = Trabalhar e planear uma grande viagem como possibilidade no futuro, mas não deixar de conhecer o turismo das cidades próximas!
 
Concordas?

12 Coisas Fundamentais na Moda Masculina que os Homens Ignoram

Superfunky, 23.08.18
 
O homem, principalmente o português, tende a ser omisso em diversos assuntos ligados à moda, embora na maioria das vezes se tratem de coisas simples, mas importantes, e muito fáceis de resolver.
 
Vê a lista das 12 coisas fundamentais na moda masculina que os homens ignoram e cuja solução não requer nenhuma atitude drástica ou altos conhecimentos:
 
1 – Existe um relógio correcto para cada ocasião
 
 
Se tu decidiste usar um relógio para incrementar o teu visual, tens que incorporar o pacote completo, o que inclui ter um modelo para cada ocasião ou quando não tiveres nada que combine simplesmente deixa este acessório de lado.
 
É comum em Portugal que os homens gastem o seu dinheiro num único relógio e depois o usem em qualquer ambiente, já vi muitos de fato com um G-Shock camuflado no pulso.
 
Lembra-te, que os relógios com pulseira de silicone e borracha são mais desportivos, os de aço são casuais; os de pulseira de couro e mostrador clássico são óptimos para acompanhar roupa social.
 
2 – A roupa tem que estar bem assentada, o fit é tudo!
 
 
Tu tens duas opções: procurares imenso para encontrares a roupa com o ajustamento correto ou comprares o que mais te agrada e mandares para ajustar. A primeira opção nem sempre dá certo, principalmente se o teu dinheiro é reduzido, então tu deves optar pela segunda de forma a corrigires as falhas no fit.
 
É triste ver como existem portugueses que gastam dinheiro com roupas, mas não ligam para o seu ajustamento, ou querem economizar nas roupas, mas não quer gastarem com costureiros.
 
Um dos maiores problemas que eu noto está no comprimento das barras das calças (sempre empapadas), o que parece ridículo se tu pensares que além da opção de dobrar (ok, sei que nem toda a gente gosta!), tu podes mandar ajustar as barras por um montante bem baixo.
 
3 – Tu deves gastar mais com sapatos do que com ténis
 
 
Agora é comum um par de ténis custar 250 Euros (Jesus!), mas toda este dinheiro não vai fazer com que este calçado supra todas as tuas necessidades, sobretudo se tu desejares ter minimamente estilo. Gasta menos da metade disso com um bom par de sapatos de couro e tem uma boa opção para eventos elegantes e formais.
 
4 – Não vivas do passado
 
 
Existem homens que são verdadeiras cápsulas do tempo, tu olhas para eles e vês a década de 80 ou 90, como se estivesses a assistir a alguns filmes que passam no canal Hollywood.
 
Não acho que tu tenhas de te desfazer de todas as tuas roupas antigas, mas o design e a forma como assenta mudam, as tendências passam, os padrões estéticos evoluem, é preciso acompanhar isso com cuidado e adaptar as melhores coisas ao teu estilo pessoal, para que o teu visual tenha um toque actual, mesmo no caso daqueles que preferem um visual retro.
 
5 – Estilo não é comprar o que todos estão a usar de momento
 
 
Assim como acho louvável incentivar a actualização da maneira de se vestir, não compactuo com quem simplesmente vai atrás de do que a massa está usando por acreditar que os outros sabem o que é melhor, como por exemplo a actual moda da t-shirt da Levi's. Deixar de lado a tua personalidade para seguir a moda vigente só vai criar um clone descartável, portanto mantém o teu julgamento pessoal a respeito de certos elementos da moda masculina acima das tendências. Antes de te vestires, pensa!
 
6 – Rotular só limita sua criatividade e seu estilo
 
 
Tenta, ao máximo, olhar para os elementos que constituem a indumentária masculina sem pré-julgamentos. Eu sei que é difícil, mas pode ser libertador.
 
Um bom exemplo de como isso ocorre e limita o teu estilo é a bota chelsea: um sucesso no mundo inteiro, que antigamente só era utilizada por agricultores.
 
7 – De vez em quando é bom sair da zona de conforto
 
 
Às vezes procuro no armário aquela roupa que não estou a usar à algum tempo e penso em algo diferente tendo-a como base – pode ser com um blazer, uma camisa ou um par de calças – isso faz-me exercitar a criatividade e colocar a preguiça de lado.
 
Sair da zona de conforto vai-te mostrar o quanto o teu guarda-roupa ainda te pode surpreender e é uma boa resposta para aqueles momentos em que tu olhas para as roupas e pensas que não à nada de novo ali.
 
8 – Cabelo e barba modernos não garantem a elegância
 
 
A tua apresentação visual depende do conjunto, não te foques apenas no grooming, pois o resultado será inconsistente e, como eu mesmo já comentei, nem todos prestam a devida atenção nos detalhes, as mulheres, por exemplo, tem uma visão muito mais global do look, tanto do delas como o das outras pessoas, por isso elas raramente cometem esse erro.
 
9 – Nunca niveles o dress code pelos outros
 
 
“Eu vou vestir qualquer coisa, ninguém se vai importar com a roupa nessa ocasião.”
 
Nunca repitas esta frase em voz alta ou mesmo mentalmente! Até na praia estar apresentável é sempre a melhor opção! Se as outras pessoas não ligam para isto o problema é delas, para ti não custa nada te mostrares um homem de estilo até nos momentos mais singelos.
 
10 – Um bom profissional veste-se bem
 
 
Ser pontual, tratar bem os colegas, atender os clientes com eficiência, respeitar prazos, buscar a excelência, tudo isto faz parte do dia-a-dia de um bom profissional, mas sabes o que mais? Se te vestires bem completas o pacote!
 
O profissional bem vestido impressiona e conquista admiração de todos à sua volta – colegas ou clientes – além disso mostra respeito pelo seu ambiente de trabalho e vontade de passar uma boa imagem da empresa, não importando se ele é patrão ou empregado.
 
Tu não precisas vestir roupa social todos os dias se na for uma exigência da tua empresa, mas respeitar o dress code exigido é o mínimo para passar uma boa impressão e ter sucesso, mesmo que fora daquele local tu te vistas de maneira completamente diferente. No mundo profissional, ceder aos teus gostos pessoais para agregar ao padrão e melhorar a tua imagem é uma coisa muito comum.
 
11 – As malas não são apenas para carregar coisas
 
 
Bolsas e mochilas tem uma utilidade inegável, mas ignorar o seu potencial para aperfeiçoar o teu visual é um grande erro. A variedade de modelos actuais de se adaptarem a qualquer estilo é imensa.
 
Escolheres uma mochila de nylon sem qualidade, estilo ou sofisticação só porque vais usá-la apenas para transportar objectos, não importando o valor deles, é algo recorrente na maioria dos homens. Nunca ignores o poder dos acessórios!
 
12 – Meias brancas são itens desportivos
 
 
Combina as meias com as calças quando a roupa for mais formal e dá um look mais sofisticado, apela para as cinza-mescla se não tiveres nada que possa parear com o tom de jeans. Existem também outras meias com padrões que podes complementar os teus looks. Mas nunca, uses meias brancas a não ser para looks desportivos!

Estilo Retro com Varsity Jacket!

Superfunky, 24.09.15

 

A varsity jacket ou baseball jacket é a típica peça de roupa que faz parte do guarda roupa dos americanos, mas, aos poucos, o casaco vem ganhando outros países e é um recurso estiloso para montar um look de inverno, principalmente se for combinado com outras peças de estilo mais vintage.

 

Porque funciona?

 

A combinação está toda em harmoniosa, o roxo da varsity jacket tem tudo a ver com este inverno, mas cuidado com o restante das roupas, todas em tons de cinza, foi fundamental para montar um visual coeso, muito bem arrematado pela gravata borboleta e o sapato brogue bicolor, como se não bastasse isso, o topetão e os óculos de armação grossa fecham com chave de ouro, principalmente se gostas de um look retro.

Experimenta!

Use uma calça mais formal, mais ou menos do mesmo tom para um efeito mais sofisticado ou troque a camisa e a gravata por uma camisa branca básica para um combo mais livre. Uns ténis All Star clássicos também podem funcionar bem neste caso.

 

Não seria a mesma coisa se…

 

Trocasse o casaco por outro modelo em couro ou jeans. A gravata também funciona perfeitamente e não seria obtido o mesmo resultado com uma skinny, por exemplo.

 

Resumindo:

 

Varsity jacket ainda é pouco explorada por aqui, mas rende bons looks retrô no inverno;

O tom burgundy junto com o cinza ficou perfeito para esta época do ano;

Gravata borboleta, sapato bicolor, óculos de aro grosso e o topete reforçam a intenção vintage do combo;

Tanto uma calça de alfaiataria, quanto peças básicas funcionam bem nestes casos, mas pesam para estilos diferentes;

Os sapatos podem ser trocados por All Stars, já a gravata está perfeita, substituí-la por uma skinny seria um erro.